Pesquisar este blog

Breaking News
recent

Economia de Parauapebas

Parauapebas esta com a economia acelerada esta entre as 10 cidades que mais contribuíram para a Balança Comercial Brasileira, Parauapebas viu seu número de habitantes crescer atraídos por projetos de exploração de minério no município e a chegada de novos investidores. 
Economia

Economia 

A atividade mineradora é desenvolvida principalmente na Mina de Ferro de Carajás, da Vale. A extração do minério de ferro representa a principal fonte de recursos do município: emprega cerca de 8 000 pessoas diretamente e cerca de 20 000 indiretamente. Além do minério de ferro, destaca-se a extração dos minérios de manganês e de ouro. A Vale exportou 3,8 bilhões de dólares estadunidenses em minérios em 2008, levando o município a atingir a oitava colocação entre os maiores municípios exportadores do país.
Atividade Pecuária 
Realizada em geral de maneira extensiva em diversas propriedades rurais de médio porte. Dados de 2005 apontam um rebanho de quase 300 000 cabeças de gado.
Comércio 
A cidade possui dos centros comerciais expressivos. Um deles se localiza no bairro Rio Verde, nas proximidades da rua Curió (também conhecida como rua do Comércio) e o outro se localiza distribuído por todo o bairro Cidade Nova. Hoje, a cidade conta com um shopping Center; o Partage Shopping Parauapebas.
Exportação 
De janeiro a dezembro de 2013, o município de Parauapebas-PA foi o que mais exportou, com US$ 10,079 bilhões de embarques ao exterior.
Atividade Agrícola 
A atividade agrícola no município de Parauapebas é pouco expressiva e é, quase em sua totalidade, desenvolvida em pequenas propriedades familiares. Os produtos agrícolas com maior participação no produto interno bruto do município são abacaxi, tomate e mandioca, com rendimento de cerca de 20 000 000 de reais por ano casa (2005).
Outras 
Desenvolveram-se, também, na cidade, as indústrias extrativista vegetal, pesqueira, movelaria e de beneficiamento de produtos agrícolas. Além dessas, a cidade possui um mercado municipal e uma feira agrícola permanente.
Recursos Minerais 
Uma das maiores províncias minerais do mundo, com jazidas de minério de ferro, sob a forma de hematita, alcançando 68 por cento de ferro, assim como de minério de manganês, de cobre e de ouro. 

Nome do Município de Parauapebas 

O nome do município é uma referência ao Rio Parauapebas. ‘’Parauapebas’’ é um termo de origem tupi que significa ‘’afluente raso do rio grande’’, através da junção de Pará (rio grande), ‘y (rio) e peb (achatado), ou ‘’papagaio baixo’’, através da junção de parauá (papagaio) e peb (achatado).

História

Parauapebas é um município brasileiro do estado do Pará. Sua população estimada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em 2015 era de 189 921 habitantes, sendo o quinto município mais populoso do estado. Já seu produto interno bruto que em 2013 chegou a 20,2 bilhões de reais, ficou apenas atrás PIB da capital, Belém. No mesmo ano, o produto interno bruto per capita do município foi de R$ 114,7 mil reais, sendo o terceiro maior estado. Localiza-se a 719 km de distância da capital, Belém. O município é conhecido por estar assentado na maior província mineral do planeta: a Serra dos Carajás. Tem também como característica, a grande miscigenação, com forte presença de maranhenses, mineiros e goianos.
Com a descoberta de uma das maiores reservas minerais do mundo na Serra dos Carajás os anos de 1960 e o direito concedido à empresa Vale S.A (antigamente Companhia Vale do Rio Doce) de explorar minério de ferro, ouro e manganês no local, esta empresa construiu uma rodovia asfaltada entre a cidade de Marabá e as instalações da empresa com cerca de 200 km.
Essa estrada foi posteriormente transferida ao estado do Pará. No âmbito do Projeto Grande Carajás, a Vale construiu um núcleo urbano ao lado do povoado para abrigar Ferro Carajás, iniciadas em 1981 e que ligara a província mineral ao Porto da Ponta da Madeira, em São Luís, no Maranhão. A empresa iniciou ainda a construção de uma infraestrutura básica, com escola, delegacia, hospital, prédio da administração e rede elétrica. Na época, a Vila de Parauapebas já acumulava mais de 20 000 habitantes.
Em 1985, o presidente brasileiro José Sarney inaugurou a Estrada de Ferro Carajás, também construída pela Vale S.A..
Transporte 
A cidade é ligada pelas rodovias PA- 160 e pela PA – 275. A cidade possui uma estação ferroviária e uma estação rodoviária, também possui um aeroporto, o Aeroporto de Carajás. 

Você pode citar este artigo, basta copiar o texto formatado logo abaixo
Fonte: Empresas de sucesso, Economia de Parauapebas. Pesquisa: Fabiano Rodrigues. Disponível em: http://www.empresasdesucessos.com/2013/11/economia-de-parauapebas.html

Referências e Bibliografias 
1* História de Parauapebas. Universidade Federal Rural da Amazônia Campus Parauapebas
2* Parauapebas História. Prefeitura de Parauapebas
Empresas de sucesso

Empresas de sucesso

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu Comentario

Fabiano . Tecnologia do Blogger.