Pesquisar este blog

Breaking News
recent

Cobra com cabeça de mulher

Os moradores de Pahang, na Malásia, acreditam ter localizado uma cobra com cabeça de gente. Eles descrevem ter encontrado uma górgona, criatura da mitologia grega, mas aí já é demais você concorda. 

Cobra com cabeça humana

Mulher cobra
Bizarro: Mulher cobra: Em vídeo veja a mulher com cabeça de serpente, ela foi capturada na Guatemala, essa estranha criatura seria de uma maldição, isso dizem os mais antigos moradores da vila. Com meios de informação Paranormal Oxlack conta sua história. Se tiver coragem assista ao vídeo logo abaixo.

Vídeo da Mulher cobra

Cobra com cabeça de gente

Mulher com cabeça de cobra na mitologia egípcia

Meretseguer ou Meretseger era uma deusa serpente da mitologia egípcia. O seu nome significa o “a que ama o silêncio”.
Era representada como simples cobra, como uma mulher com cabeça de cobra ou como uma cobra com cabeça de mulher. Tinha por vezes um toucado constituído por disco solar e cornos. Em representações mais raras surge como cobra com três cabeças (uma de mulher, outra de cobra e outra de abutre) ou como escorpião com cabeça de mulher.
As informações mais antigas sobre a deusa datam da época do Império Médio. Durante a época do Império Novo a deusa tornou-se guardião dos túmulos das necrópoles de Tebas (vale dos Reis), acreditando-se que atacava aqueles que tentavam pilhá-los. Segundo as fontes vivia numa montanha com forma de pirâmide perto de Deir el-Medina, a aldeia onde habitavam os homens que construiram os túmulos reais durante o Império Novo. Por esta razão era também denominada pelos habitantes de Deir el-Medina como “Dehenet Imentet”, o que significa “Montanha do Oeste”.
Várias estela encontradas revelam a devoção dos artesãos de Deir el-Medina pela deusa, detentora de uma certa ambiguidade: atacava os trabalhadores que cometiam crimes ou mentiam, castigando-os com cegueira ou através de picadas venenosas, mas ao mesmo tempo poderia curar os que se mostrassem arrependidos. Perto do Vale das Rainhas tinha um pequeno templo cavado na rocha onde era adorada junto com o deus Ptah. Quando se abandonou o Vale dos Reis como necrópole real, na XXI Dinastia, o seu culto que nunca ultrapassou o âmbito local) entrou em decadência.
Empresas de sucesso

Empresas de sucesso

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu Comentario

Fabiano . Tecnologia do Blogger.