Pesquisar este blog

Breaking News
recent

Garçonete reage a assédio e bate em cliente

O assedio sexual, verbal, psicológico ou físico é uma realidade não só no Brasil mais em todo o mundo é uma realidade constrangedora praticamente para as mulheres assediadas que tem seus corpos invadidos e desrespeitados em diversos locais do mundo. Uma garçonete irritada com um rapaz que tentou assedia a moça em mais um dia de trabalho resolveu não se calar e revidou o abuso no próprio restaurante.
A cena do assedio foi capturada por câmeras de segurança do estabelecimento. Nas imagens, é possível ver o homem tentando colocar o dinheiro do pagamento dentro da blusa da funcionaria, que resolve revidar e lhe empurra. O rapaz não contente ainda resolve toca a parte intima da jovem, que lhe dá um tapa certeiro com o cardápio que carregava nas mãos.

Após ser assediada, garçonete Russa dá surra em cliente folgado

Após ser assediada, garçonete Russa dá surra em cliente folgado
Garçonete reage a assédio e bate em cliente, pra mim foi bem feito quem manda não respeitar a moça.
O objeto jurídico do crime de assédio sexual é a liberdade sexual, relacionada ao ambiente de trabalho, no sentido de a vítima não ser importunada por pessoas que se prevalecem da sua condição de superior hierárquico ou de ascendência. Objeto material é a pessoa constrangida (mulher ou homem), sobre a qual recai a conduta criminosa do agente.
O assedio sexual é crime formal, que se consuma sem a produção do resultado naturalismo, embora ele possa ocorrer.
Nos termos do § 2º, do art. 216-A, do Código Penal, a pena pro infrator é aumentada em até um terço se a vitima é menor de 18 anos. Entretanto se a vitima é menor de 14 anos, o crime é de estupro de vulnerável, e não de assédio sexual com pena aumentada, em estudo. Esse dispositivo foi inserido no Código Penal pela lei 12.015/2009, sem mencionar ou remunerar o parágrafo único vetado anteriormente, ou seja, inseriu-se um § 2º, sem notar que nunca existiu o § 1º.
Empresas de sucesso

Empresas de sucesso

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu Comentario

Fabiano . Tecnologia do Blogger.