Pesquisar este blog

Breaking News
recent

Quem pensa mais em sexo? A mulher ou o Homem

Quem pensa mais em sexo, eles ou elas? Pesquisas efetivado em vários países admitem: as mulheres têm pensado e falado cada vez mais sobre o sexo. O que comprova que esse tópico já não é mais um preconceito, pelo contrário, elas estão cada vez mais compartilhando opiniões sobre o assunto também com seus companheiros. Com isso, a ida ao sex shop, por exemplo, deixou de ser impura para ser uma visita aprazível e divertida e que vai trazer novos conhecimentos à rotina sexual. Aliás, elas adquirem muitos mais artigos eróticos e assistem, sim, a filmes com conteúdos eróticos. Tudo sem pudor. O direito ao prazer nenhuma pessoa mais tira delas e análises revelam bem o cenário. Mulheres já são a maior parte entre os assinantes de filmes adulto.
Conforme uma pesquisa do canal Playboy TV, marca que tem o controle de 6 canais de conteúdo erótico, as mulheres representam mais da metade dos assinantes. Divulgado em novembro de 2015, um levantamento mostra que elas representam 55% dos 452 mil assinantes. Em 2014, esse número era de 50%. Para 79% das 1.663 pessoas entrevistadas, a ideia de obter conteúdo erótico é "colocar bastante pimenta na relação a dois", além daqueles que almejam estudar com os profissionais da tela (69%).

Masturbação

Masturbação
Embora o tema ainda ser tabu para muitas mulheres, a masturbação, de acordo com uma pesquisa efetuada com pessoas do sexo feminino, acima de 18 anos, e que usam iPhone no Brasil apontou que 69% das brasileiras se masturbam. Já 81% delas conseguem chegar o orgasmo se tocando. A pesquisa foi replicada por aplicativo em celular em julho de 2015, foi feita pela Hibou, uma empresa especialista em pesquisas e monitoramento de consumo.
Com a revolução feminina elas inserem na sociedade uma nova identidade que ainda está em modificação e pouco a pouco, se consentir vivenciar suas próprias fantasias.
A psicóloga e terapeuta sexual Paula de Montille Napolitano lembra também a repressão sexual contra as mulheres para comentar como algumas ainda abordam o conteúdo erótico como tabu. "O direito ao prazer sexual foi conquistado pelas mulheres há muito pouco tempo. Antes este desejo não era permitido nem mesmo se quer em pensamentos. O assombroso é não deixar com que esses tabus evitem a mulher de aproveitar esses recursos para acrescentar o prazer", avalia.

Pornografia

Pornografia
A pornografia pode trazer muitas vantagens para a vida a dois. "Isso depende do casal, a pornografia pode trazer muitos benefícios. Mas, deixando isso claro, quando os dois gostam e consentem. Esse tipo de conteúdo pode ser incrementado junto às preliminares. A cada dia o próprio mercado de filmes eróticos tem feito filmes com roteiros cada vez mais trabalhados, realistas e super naturais, diferentes das cenas cruas de sexo explícito dos filmes habituais.
Muitas mulheres não gostam do pornô tradicional. Por isso, determinadas empresas de conteúdos pornográficos têm diretoras no lugar de diretores, hoje. Sem dizer que os roteiros têm mais enredo do que só as cenas cruas de sexo explícito. A visão de uma mulher, contorna tudo mais excitante e divertido. Toda mulher adora e precisa sentir-se cobiçada, mas este desejo não deve ser automático, como nas cenas dos filmes tradicionais. E o mais chocante é que esta geração feminina busca se motivar e se autoconhecer, cada vez mais, por meio dos filmes.
Empresas de sucesso

Empresas de sucesso

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu Comentario

Fabiano . Tecnologia do Blogger.