Pesquisar este blog

Breaking News
recent

Casos bizarros de Pessoas enterradas vivas

Casos chocantes e perturbadores de pessoas que foram enterradas vivas e alguns sobreviveram. Uma historia mais assustadora que a outra. 

Casos horripilantes de homens que foram enterrados vivos

Um homem que bebeu demais e dormiu
Casos horripilantes de homens que foram enterrados vivos
Em 18 de Janeiro de 1889 um homem cuja identidade nunca foi esclarecida dormiu após uma longa bebedeira. Depois de 20 horas de sono os amigos acreditaram que ele estava morto e o sepultaram. Quando o sacristão ouviu batidas vindas da sepultura chamou por ajuda, mas quando ela chegou era tarde. O homem havia feito buracos no caixão para o ar entrar e depois tentou força a tampa, quando ele abriu o impacto foi tanto que ele se feriu gravemente na cabeça, morrendo logo em seguida. O caso foi notícia no Daily Telegraph e hoje acreditam que ele pode ter sido vítima de uma catalepsia causada pelo álcool.
Mike Meaney, 1968 
Mike Meaney
Mike Meaney se destaca das outras pessoas dessa lista porque ele não foi enterrado contra sua vontade, mas sim para bater um recorde. O barman irlandês passou 61 dias deitado em um caixão com tubos para entrada de ar, água e alimentos.
Uma verdadeira multidão se reuniu para assisti à liberação do homem, com direito a muita festa, música e até desfile. Assim que foi retirado da terra, Mike balançava sua mão entusiasmada-mente pelo buraco do caixão, ansioso por contato humano.
Angelo Hayes 
Angelo Hayes, 1937
Em 1937, Angelo Hayes era um menino de 19 anos de idade, residente em St. Quentin de Chalais, França. Um dia, Angelo estava andando de moto ao redor da aldeia, quando de repente ele foi jogado de sua moto e sua cabeça bateu em uma parede de tijolos. Sem hesitar, Angelo foi declarado morto pelos médicos e foi prontamente enterrado três dias depois de seu acidente. Na cidade vizinha de Bordeaux, uma companhia de seguros suspeitou depois de perceber que o pai de Angelo tinha recentemente feito um seguro de vida para seu filho para 200 mil francos, e um inspetor foi enviado para investigar a reclamação.
O inspetor tinha o corpo de Angelo exumado apenas dois dias depois de ter sido enterrado para confirmar a causa da morte, encontrou uma resposta surpreendente. Angelo não estava morto! Quando o médico retirou o manto, ele encontrou o corpo de Angelo quente e seu coração batendo mal. Ele foi imediatamente levado pra um hospital, onde sofreu várias operações e reabilitação extensiva antes de fazer uma recuperação completa. Ele só estava em um estado de inconsciência devida à sua lesão grave na cabeça.
Depois da recuperação, Angelo passou a inventar um caixão de segurança com todos os sinos assobios para garantir a sobrevivência de um enterro prematuro. Ele ficou famoso com sua invenção e tornou-se uma espécie de celebridade na França.

Mulheres que foram Enterradas Vivas

Jessica Lunsford 
A garota da imagem se chama Jessica Lonsford, sofreu abuso sexual no ano de 2005 e foi enterrada em um buraco de quase 3 metros coberto com folha. Segundo dados divulgados pela autópsia, ela lutou para não ser morta e havia sinais de gestos corporais para retirar a terra do buraco.
Octavia Smith Hatcher
Octavia Smith
No final do século XIX, a cidade de Pike, em Kentuckey, foi abalada por uma doença de origem desconhecida e um dos casos mais famosos é o de Octavia Smith Hatcher. Depois da morte de seu filho recém-nascido, Jacob, em 1891, Octavia entrou numa depressão tal que chegou a ficar dias na cama, onde ficou agressivamente muito doente até que entrou em coma. No dia 2 de Maio do mesmo ano, Octavia foi declarada morta por causas desconhecidas, quando ela ainda estava na cama.
Devido as altas temperaturas na região, Octavia foi enterrada rapidamente para que o cheiro do cadáver não se propagasse, Cerca de uma semana depois do enterro de Octavia, muitos outros habitantes locais começaram a ter os mesmo sintomas que ela. Só que estas pessoas, ao logo começaram a acorda.
Com isto, o marido de Octavia começou a ficar preocupado por ter enterrado a sua esposa prematuramente, quando ela ainda estava viva. Então ele decidiu exumar o túmulo e chegou a descobrir que seus maiores temores eram verdadeiros: o revestimento do interior do túmulo estava todo riscado e com alguns pedaços. As unhas de Octavia estavam partidas e cheias de sangue e sua cara mostrava expressão de horror.
Octavia foi enterrada de novo, mas desta vez, o seu marido ergueu um monumento realista sobre o seu túmulo. Mais tarde, vieram a descobrir que a doença foi causada pela mosca-tsé-tsé, um inseto de origem africana que pode causar uma doença conhecida como doença do sono, em que as pessoas infectadas conseguem dormir durantes dias, além disso, apresentam também outros sintomas como febres, enxaquecas, insônias e sonolências incontroláveis.
Philomele Jonetre 
Jonetre tinha 24 anos quando ela foi declarada morta de cólera
Jonetre tinha 24 anos quando ela foi declarada morta de cólera. Segundo as fontes, apenas 16 horas depois que tinha sido declarada morta, seu corpo foi enterrado. Eventualmente, um coveiro ouviu algumas batidas e começou a cavar para ver de onde estava vindo. Infelizmente para ela, as ações do coveiro acabaram sendo muito poucas, e tardias. Jonetre foi declarada morta novamente no dia seguinte, mas desta vez era para valer. Por asfixia.
Sra.Boger 
Sra.Boger
Em Julho de 1893, um fazendeiro chamado Charles Boger e sua esposa estavam vivendo em Whitehave, Pensilvânia quando a Sra. Boger de repente morreu de causas desconhecidas. Os médicos confirmaram sua morte, e ela foi prontamente enterrada, Isso deveria ter sido o fim da história, mas algum tempo depois de sua morte, um amigo disse a Charles que sua esposa sofria de histeria antes de Charles conhecer ela, e que era possível que ela não tinha realmente morrido. O pensamento da Sra. Boger ter sido enterrada viva assombrou Charles até que ele ficou histérico.
Incapaz de viver com o pensamento de que sua esposa morreu enterrada viva em seu caixão, ele pediu a amigos para ajudá-lo a exumar o corpo dela para a confirmação. O que ele encontrou foi chocante, Sua mortalha e vestes foram retalhadas em pedaços e o vidro de sua tampa do caixão foi quebrado. Sua pele estava ensanguentada e arranhada, enquanto seus dedos estavam totalmente ausentes. Ninguém sabe o que aconteceu, com Charles Boger após a descoberta.
Madame Bobin e seu Bebê 
Madame Bobin
Em 1901 uma mulher grávida chamada Madame Bobin chegou da África aparentando ter febre amarela. Ela foi transferida para um hospital de tratamento de doenças contagiosas onde acabou “morrendo” e sendo sepultada no cemitério da família. Uma enfermeira contou os parentes da Madame que ela ainda estava quente e os músculos do abdômen tremiam quando o médico declarou a morte. O pai organizou a exumação do corpo e todos ficaram aterrorizados ao ver que o bebê havia nascido dentro do caixão e morrido por asfixia junto com a mãe.
Senhora Blunden 
A senhora Blunden
No século XIX já existiam vários mecanismos que supostamente dariam à pessoa enterrada viva a oportunidade de alerta alguém. A senhora Blunden não teve a sorte de contar com um caixão desses em 1896. Ao morrer ela foi colocada no jazido da família, em uma capela da Inglaterra. Depois do funeral alguns garotos que estavam por perto, ouviram um barulho baixo e contaram a um professo. Ao chegarem no local a tampa do caixão estava aberta e todos testemunharam o último suspiro da pobre senhora. Todos os meios possíveis foram tentados para ressuscitá-la, mas em sua agonia para sair do caixão ela tinha o rosto na madeira e assim perdeu muito sangue.

Casos de crianças que foram enterradas vivas

A bebê de Compton, 2015 
A bebê de Compton
Duas americanas caminhavam tranquilamente por uma trilha em novembro de 2015, na cidade de Compton (Califórnia, EUA), quando ouviram o choro de um bebê vindo de uma pilha de entulho. A polícia foi chamada e uma recém-nascida foi desenterrada do local, ainda embrulhada na manta de um hospital.
A mãe foi identificada e presa, acusada de tentativa de homicídio e negligência infantil. A bebê se recupera bem.
A bebê de Dongdong, 2014 
A bebê de Dongdong
Lu Xiaoyun acreditava estar no quarto mês de gestação entrou em trabalho de parto na área rural de Dongdong, na região nordeste da China. Certos de que ela havia sofrido um aborto espontâneo, a família a levou para o hospital, mas deixou a bebê recém-nascida no local. Ao chegar lá, o médico exigiu que a criança fosse trazida para ser examinada.
O pai voltou correndo para casa, mas foi surpreendido pelo fato de que sua sogra já havia enterrado a criança à sombra de uma árvore. Ele desenterrou a filha e percebeu que ela ainda respirava. Ao examinar a mãe, os médicos constataram que ela estava no sexto mês de gravidez, por isso a bebê estava ao nascer. A menina passou três dias no hospital, mas o dinheiro da família acabou e eles foram obrigados a levá-la de volta para a casa. O caso, felizmente, tornou-se famoso, e logo vieram doações de todos os cantos. A pequena voltou ao hospital para continuar recebendo cuidado.

Casos Famosos de Brasileiros que foram Enterrados Vivos

O caso José Nascimento Cardoso 
Alan e Aladim
Alan e Aladim é uma dupla sertaneja brasileira formada em 1976, que atualmente conta com um novo cantor no lugar de Aladim. 
Musica só as melhores
Os membros da formação original eram Edmilson Fernades Machado, o Alan, nasceu em Ribeirão Preto (SP) no ano de 1962, e José Nascimento Cardoso, o Aladim, nasceu em Visconde do Rio Branco (MG) no ano de 1956.
Morte misteriosa do cantor 
Há exatos quase 22 anos, morria o cantor Aladim da Dupla Sertaneja de Cantores: Alan e Aladim. Depois de mais de 10 anos de carreira, no início de Outubro do ano de 1992, em meio á um show realizado em uma noite, o cantor que fazia a primeira voz da dupla, começou a sentir fortes dores nos dentes.
E após ser atendido e sedado com anestesia ao voltar, o dentista o encontrou desacordado, praticamente morto. Após tentar reanimá-lo por diversas vezes, sem esboçar uma sequer reação, o artista foi dado como morto. Enfim terminava ali a carreira de um dos ilustres cantores brasileiros de uma linda voz que se silenciou pra sempre.
Mesmo apesar de algumas pessoas terem notado que o cantor aparentemente havia se mexido em seu caixão durante o velório o cantor foi sepultado na Tarde do Dia 1º de Outubro de 1992.
Por motivos desconhecidos, a família de Aladim teria necessitado exumar do corpo do cantor. E é ai que veio a surpresa. Contam os populares, o corpo do cantor foi encontrado de bruços, com as unhas cheias de farpas de madeira e a tampa do caixão completamente arranhada. Aladim teria sido enterrado vivo. A lenda diz que o cantor tinha catalepsia, doença rara em que o coração para de funcionar por tempo indeterminado, dando-se a pessoa como morta. Quando voltou à vida, Aladim já estaria enterrado e morreu tentando sair do caixão.
Nos anos 1970 lenda dizia que ator brasileiro Sérgio Cardoso da globo teria sido enterrado vivo
Ator brasileiro Sérgio Cardoso
Uma das lendas mais famosas dos anos 1970 envolveu a morte do ator Sérgio Cardoso. Um dos grandes nomes do teatro e da televisão brasileira nos anos de 1950 e 1960, ele morreu em consequência de um ataque cardíaco no dia 18 de agosto de 1972, no Rio de Janeiro aos 47 anos.
A morte do ator comoveu todo o Brasil. Mais de 15 mil pessoas, de acordo com reportagens da época, compareceram ao enterro no cemitério São João Batista. Pouco tempo depois, surgiu um boato, repercutido em toda a mídia brasileira, de que o ator sofria de catalepsia, uma doença rara que deixa os membros rígidos por horas, como se a pessoa estivesse morta. Por causa da doença, Sérgio Cardoso teria sido enterrado vivo.
A história dizia que a família teria pedido que o corpo fosse exumado. Ao abrir o caixão, Sérgio Cardoso estaria virado de bruços, com arranhões no rosto. O fato sempre foi negado pelos familiares do ator. Durante muitos anos a lenda foi contada, como diferentes versões, causando medo principalmente em familiares de pessoas vítimas de ataques cardíacos.
Biografia do Ator Sérgio Cardoso 
Formou-se em Direto no Rio de Janeiro e sonhava com o Itamarati, queria ser diplomata. Despertou para o teatro ao conhecer o Teatro Universitário do Rio de Janeiro, e sua estréia foi no papel-título de Hamlet, de Shakespeare. O sucesso foi tão grande que contribuiu para sua decisão de seguir a carreira de ator. Foi para o Teatro Brasileiro de Comédia, de São Paulo, onde fez peças importantes, como: Entre Quatro Paredes, A Ópera dos Três Vinténs, Do Mundo Nada se Leva, Seis Personagens à Procura de um Ator, Convite ao Baile, A Falecia, A Raposa e as Uvas e A Ceias dos Cardeais.
Em 1949 fundou sua própria companhia teatral, o Teatro dos Doze, em sociedade com a Atriz Nydia Lícia, com quem foi casado e teve uma filha, Silva.
Na TV Tupi, Sérgio Cardoso fez várias telenovelas de sucesso: O Sorriso de Helena, O Cara Suja, O Preço de uma Vida, O Anjo e o Vagabundo, Somo Todos Irmãos e Antônio Maria – esta última escrita por Geraldo Vietri, na qual contracenou com Aracy Balabanian. Em 1968, atuou em o Santo Mestiço, novela sobre a vida de São Mantinho de Porres, além de aparecer no filme A Madona de Cedro, no papel do sacristão aleijado Pedro. Foi o protagonista de Os Herdeiros, filme de Cacá Diegues produzido entre 1968-1969.
A partir de 1969 participou de diversas novelas da TV Globo, dentre ela A Cabana do Pai Tomás, Pigmalião 70 e A Próxima Atração. O Primeiro Amor foi seu último trabalho: o ator faleceu devido a um ataque cardíaco a apenas 28 capítulos do desfecho da trama e seu personagem foi então interpretado por Leonardo Villar.
Mais de vinte mil pessoas acompanharam o enterro do ator em São Paulo. Após sua morte, houve rumores de que Sérgio havia sido enterrado vivo, fato enfaticamente negado por parentes e amigos.
No local onde ele fundou a companhia de teatro, no bairro da Bela Vista, hoje existe o Teatro Sérgio Cardoso.

Você pode citar este artigo, basta copiar o texto formatado logo abaixo. 
Fonte: Empresas de sucesso - Casos bizarros de Pessoas enterradas vivas. Pesquisa: Fabiano Rodrigues. Disponível em: http://www.empresasdesucessos.com/2016/03/historias-bizarras-pessoas-enterradas-vivas.html
Empresas de sucesso

Empresas de sucesso

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu Comentario

Fabiano . Tecnologia do Blogger.