Pesquisar este blog

Breaking News
recent

Escarificação

Escarificação é uma técnica de modificação do corpo (Modificação corporal) que consiste em produzir cicatrizes no corpo através de instrumentos cortantes. Várias culturas utilizavam está técnica. Na Africa algumas culturas as mulheres utilizam a escarificação como forma de beleza. A escarificação além de estar associado a beleza, ela também diferencia os indivíduos de grupos distintos, podendo também indicar uma classe social, uma característica pessoal ou uma determinada fase da vida da pessoa.

Imagem de uma Escarificação no Corpo Humano

Assim como a tatuagem, não existe uma ideia exata de quando e onde se começam essas práticas. 
Escarificação do corpo Humano

Tipos e como é feita uma escarificação

Existem diversas formas que podem ser feitas as escarificações podem ser utilizadas várias ferramentas e utensílios para isso.
Remoção de Pele e Escarificação de corte: Vejamos
Corte: é o tipo mais comum de escarificação, sendo feita com um bisturi que vai corta a pele a uma profundidade de aproximadamente 3 mm. Então é preciso ser feito um decape que é aplicado sobre a pele para marcação e em seguida são feitos os cortes. Normalmente são desenhos simples, linhas retas e uniformes para se ter um excelente resultado.
Remoção de Pele: O tamanho da pele a ser removido pode variar de acordo com o tamanho do desenho em algumas vezes diversas fatias de pele são removidas em apenas uma única arte.
Escarificação Química: é a acentuada por um produto químico produzido por um produto do mesmo tipo. No primeiro caso, a escarificação é feita por meio de corte, as linhas são marcadas na pele e logo após, um produto químico comum (como sabão) é adicionado a escarificação para produzir cicatrizes mais acentuadas e altas. No segundo tipo de escarificação química, um produto químico é usado para forma a marca na pele. Após a limpeza e preparo do local da escarificação, uma área é isolada por meio de um produto químico impermeável como vaselina ou uma fita adesiva de alta resistência, após este preparo o produto químico é espalhado no local e após um período de 2 a 10 minutos é removido com água em abundância.
Escarificação por Abrasão: Este é um método muito raro de se fazer uma escarificação por ser muito dolorido. Neste método uma ferramenta é utilizada para “roer” a pele até forma a arte desejada. Esta é uma técnica que causa muita dor e durante o processo muito sangue e resíduos de pele são espalhados no local, assim tornando mesmos estério e inadequado para a prática de modificação corporal.
Escarificação com máquina de tatuagem: é feita com o uso da maquina de tatuagem, mas sem tinta, passando a agulha diversas vezes pelo mesmo local. Este tipo de escarificação cria uma cicatriz menos visível, mas muito mais rica em detalhes, quase como uma tatuagem transparente.

Cicatrização de uma escarificação

O resultado final de uma escarificação pode depender do quanto ela é irritada ao longo da recuperação. É preciso muito cuidado neste processo de recuperação para evitar que a cicatriz se descontrole e se torne um verdadeiro problema.
O que ajuda na formação de uma escarificação perfeita é a demora no processo de cicatrização, muitas vezes para atrasar muitos evitam o surgimento de cascas, às vezes a tintura de iodo é utilizada para atrasar a cicatrização por até meses até que crie uma escarificação perfeita.

Perigos e cuidados com uma escarificação

A escarificação é um trauma á pele muitos a avaliam como uma prática não segura, por isso deve ser muito bem cuidada. Devido ao risco de infecção, além dos materiais corretos para a prática da escarificação, é indispensável a presença de um profissional apto para a realização e a ferida deve ser mantida limpa por meio de sabonete anti-séptico e uma boa higiene. Se você algum dia pretende fazer uma escarificação, tenha muito cuidado e siga à risca todas as indicações do profissional.
Tatuagem 
A tatuagem é uma das maneiras de modificação do corpo humano mais conhecidas e cultuadas do mundo.
Trata-se de um desenho permanente feito na pele humana que, tecnicamente, é uma aplicação subcutânea obtida através da introdução de pigmentos por agulhas, foi um procedimento que durante muitos séculos foi irreversível.
Em diferentes culturas a tatuagem mobiliza olhares, reflete sentimentos, classifica e ordena subjetivamente o fluxo intermitente de indivíduos que lhe servem de tela e que nela buscam distinções simbólicas. Formando uma espécie de linguagem, os desenhos da epiderme apresentam uma “gramática” que possibilita organizar nas academias de musculação regime da visibilidade institucional. Portanto, a tatuagem, do ponto de vista sociológico, é uma linguagem que “está intimamente ligada à organização social apresentando motivos e temas que servem para exprimir diferenças de posição, privilégios de nobreza e graus de prestígios. (Lévi-strauss, 1975, p. 292). – Continuar lendo...

A escarificação no Brasil contemporâneo 

A escarificação – como a conhecemos hoje está introduzida no Brasil há aproximadamente uma década. Fato muito curioso é que os primeiros profissionais nacionais da escarificação não atuam mais no ramo, o que dificulta bastante por aqui. O que sabemos é que os primeiros “escarificadores”, são até hoje mencionados como grande referencial pelos profissionais que ainda atuam no Brasil.

Você pode citar este artigo, basta copiar o texto formatado logo abaixo. 
Fonte: Empresas de sucesso - Escarificação. Pesquisa: Fabiano Rodrigues. Disponível em: http://www.empresasdesucessos.com/2017/05/escarificacao-historia-origem-perigo-pele.html

Referência e Bibliografia
1* TEIXEIRA Daniela Pessanha. Intensidades Corporais e Subjetividades Contemporâneas: uma reflexão sobre o movimento da Body Modification. Dissertação de Mestrado. Programa de Pós-Graduação em Psicologia Clínica do Departamento de Psicologia do Centro de Teologia e Ciências Humanas da PUC-Rio. Julho de 2006
2* Pires, Beatriz Ferreira. "Piercing, implante, escarificação, tatuagem: o corpo como suporte da arte." (2001).
3* BRAZ, Camilo Albuquerque de. Além da Pele – Um Olhar Antropológico Sobre a Body Modification em São Paulo. Dissertação de Mestrado. UNICAMP, 2006
4* entura, Miriam. "Limites e possibilidades do exercício da autonomia nas práticas terapêuticas de modificação corporal e alteração da identidade sexual." Physis (Rio J.) 19.1 (2009): 65-93.
5* Modificação corporal - Wikipédia, a enciclopédia livre.
6* Escarificação – Consultado em 26 de Abriu de 2017
7* Escarificação - Wikipédia, a enciclopédia livre.
Empresas de sucesso

Empresas de sucesso

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu Comentario

Fabiano . Tecnologia do Blogger.